27
Mai 14

Participantes: White Angel, Abelharuca, Andorinha, Estorninho, Picapau, Mocho, Quebra-nozes, Rooibos, J.Preguiçoso e Águia-real

Fotos do Rooibos

Ainda o Restaurante Mineiro andava nas gavetas de um projecto e já há muito o rebanho saía serra acima.
Foi pois numa dessas saídas para a serra que o rebanho e o seu pastor se cruzaram com um grupo que percorria o mesmo trilho, na direcção da aldeia mágica.

Em 2011 ficou registado o momento e que agora ganha nova vida na forma de tela. Homenagem a essa mulher coragem que enfrenta o sol e a chuva, sempre com aquele sorriso que lhe faz brilhar o olhar.

Grande anfitriã da cozinha caseira destas montanhas mágicas.
Obrigado por nos fazer sentir bem-vindos neste seu sonho que é o Restaurante Mineiro.
Toda a sorte do mundo.
Rooibos
publicado por Vamos Ali às 09:44

26
Mai 14

EM BUSCA DE SEXO EXTRATERRESTRE EM DRAVE, LÁ PARA OS LADOS DA SERRA DA FREITA

 

Contudo, sexo extraterrestre nenhum se viu e só a memória ficou do sexo terrestre de afetos carinhosos tão ardentes como as labaredas dos incêndios que assolam em verões secos estas encostas e que uma tormenta tempestade apaga repentinamente, de amor mais fugaz que a neblina matinal que ao Sol de verão se dissipa e da paixão que estes regatos muito mais rapidamente lavam que as más-línguas
Na conjugação de céu parcialmente nublado por baixa neblina e por outras altas o firmamento riscando, aparelho não muito sofisticado e astrónomos não muito sapientes e experientes, o tema astronomia rumou por outro caminho, como aliás, o mote foi em todo o percurso desta expedição cientifica e desta forma nunca foi visto o mapa do céu deste mês de maio deste ano do senhor do consumismo de 2014, cujo fulcro astronomia não foi mas sim sexologia terrestre, extraterrestre, interplanetária, intergaláctica e até intercosmos ou interuniversos….
Conversa sexualmente induzida entremeada com alheiras assadas e vinho fino a rodos movia os expeditores como as pilhas ou baterias os robôs. Mas o sexo à treta regressava e a hegemonia tomava a modo duma infeção assética e cada qual perante o tema da revista e a opinião dos outros comparsas a serra circundante olhava e nas suas encostas imaginava garras e sombras análogas às de Gray. Deste modo a serra passou a ser um ecrã gigante de emoções.
Bem, mais há para contar mas ficará para outros episódios, se interessados houver e se a minha vontade se dispuser.

Texto e fotos  do Quebr@-nozes

publicado por Vamos Ali às 09:37

Segue-nos no

subscrever feeds
pesquisar