21
Mai 14

À hora marcada estávamos todos na porta do palácio de Cristal para mais uma aventura desta vez não na montanha mas na nossa cidade – o Porto. O dia começou soalheiro mas fresquinho e foi aquecendo ao longo do dia. Não tínhamos pressa e fomos passeando e apreciando o que o Porto nos tem para mostrar. Passamos pelo caminho romântico até à Restauração e subindo um pouco passamos junto à Casa das Sereia, subimos até às Virtudes e visitamos o jardim das Virtudes. Este jardim desenvolve-se em socalcos pelo vale onde corria o rio Frio, hoje totalmente encanado e que desaguava em Miragaia. Foto daqui e dali chegamos à torre dos Clérigos, mas antes ainda visitamos o Miradouro e Igreja da Nª Sra. da Vitória. A maior parte de nós subiu ao topo da torre de 75 m com os seus 240 degraus. Este edifício, ex libris da cidade, trata-se de mais uma obra do italiano Nicolau Nasoni. De seguida descemos até à recente Praça das Cardosas, onde algumas meninas ainda fizeram umas compras na feirinha que ali se encontrava. Descemos a renovada Rua das Flores, que foi inicialmente aberta em 1521-1523, em terrenos ocupados pelas hortas do bispo. Não ficamos indiferentes à faixada da Igreja de Misericórdia, que já se encontrava fechada.

A hora ia avançando e ainda queríamos fazer a nossa primeira “escalada” por uma das escadas típicas – as do Codeçal. Daí atravessamos a Ponte Luis I e fomos piquenicar no Jardim do Morro. Aí tivemos a surpresa Júnia com a sua presença e com alguns comes, uma bola que estava otima e bebes de cerveja especial Seleção 1927 produzidas pela Unicer. Obrigada Júnia. Conhecemos o pequeno David, filho da Barriguitas e do Caco Alegre. Ainda no jardim do morro , tivemos direito a um olá da Cenourinha, que apareceu para nos cumprimentar.

Já de barriga cheia, descemos de novo ao rio onde nos esperavam mais 2 escadas – a do Barredo e a dos Guindais. Visitamos a Sé do Porto e vimos a Padroeira da Cidade.

Entramos na Igreja Santa Clara, para muitos de nós uma agradável surpresa. Trata-se de um dos melhores exemplares da arte da talha dourada do Barroco Joanino, construído em 1457.

Seguimos ao logo da marginal de Gaia até à Afurada, onde atravessamos para o Porto pela lancha  “Flor do Gás”.

Subimos até ao Palácio de Cristal onde já estavam a Sequoia, o Pé-de-chumbo e a pequenina Laranjinha. Nos jardins do Palácio fizemos uma pequena caça ao tesouro, que neste caso só poderia ser “o vinho do Porto”! As 2 equipas com trajectos diferentes teriam que chegar a um local onde encontravam uma garrafa com um bilhete para irem buscar o tesouro que se encontrava no porteiro do Palácio de Cristal. Com este jogo alem de dar a conhecer os recantos dos Jardins, também quisemos enaltecer o Vinho do Porto e o espirito de brincadeira.

O dia terminou com um brinde com Vinho do Porto acompanhado de bolachas de canela.

E assim foi este dia, com muito sol, muitas fotos, boa-disposição e amizade entre todos.

 

Deixamos aqui também o desafio para a realização de mais iniciativas “Viagens da minha Terra”, isto é dá-nos a conhecer a tua cidade, vila, aldeia ou lugar.

Distancia percorrida – cerca de 13 km

Participantes – Abellharuca, Açores, Aroma, Moinho, Sherpa, Sherpa-lhamu, Edelweis, Castor, Avelã, Joaninha, Raio de Sol, BM, Pagali, Castelo, Polaina, Trevo, Ramirezi, White Angel, Galga-Montanhas, Liberdade, Aguia, Andorinha, Estorninho, Pitões, Júnia, Messe, J.Preguiçoso, Borboleta, Picos, Europa, Quebra-nozes, Barriguitas, Caco Alegre, Sequoia, Pé de Chumbo, Laranjinha e os caloiros – Daniela e Miguel e o pequeno David

 

Picos&Europa

 

publicado por Vamos Ali às 21:54

comentário:

De presença discreta... diz a Girafa que gostou de rever os amigos de caminhada. J
girafinhalinda a 22 de Maio de 2014 às 17:08

Segue-nos no

Meteorologia

Porto

Meteorologia por Freemeteo.com
pesquisar
 
Algumas noticias
Caminhar com a INATEL
"Para todos aqueles que gostam de conviver com a natureza, eis a oportunidade de caminhar com a Fundação INATEL e descobrir os trilhos e beleza que o nosso país esconde, tendo assim a possibilidade de contactar e desfrutar das bonitas paisagens, que se desdobram numa harmonia de luz, cor, sons e fragâncias..."clica aqui para saber mais