02
Mar 11

Continuação...

E neste momento que sinto como a montanha passa a ser um actor secundário neste espectáculo da minha ida a Marrocos. Aquela viagem de jipe toma contornos vincados dentro de mim. Especialmente a paisagem humana que ficou lá em baixo. Com que motivos se agarram aquela carrinha que seguia à nossa frente e os levava em direcção a uma isolada aldeia no sopé do Atlas? Alguns com expressão fechada sem nos desviarem o olhar, outros até sorridentes, apercebendo-se da nossa estupefacção pela quantidade de gente que seguia pendurada no tejadilho da carrinha.

Já em Julho quando tinha vindo a última vez a Marrocos o meu pensamento discretamente virava para fotografias que interiormente eu tirava nas aldeias por onde passava. Gente que parecia não caber nas bermas da estrada e pouco se importavam com o autocarro que se esforçava por passar ao lado. Praças fervilhantes de gente com olhar curioso, escuro e duro que me pintou grande parte do quadro de Marrocos.

 

Naquela noite, já no refúgio, já em relaxamento, voltámos ao entusiasmo do programa. Que fazemos? Subimos já amanhã ao Toubkal, ou tentamos uns outros picos mais pequenos aqui à volta? O corpo acabou por falar mais alto e optámos por uma noite de descanso mais longo e perder o resto do dia a subir ao limite dos 4 mil metros (Timesguida e Ras, irmãos inseparáveis).

Que prazer aquele manto branco gélido reflectido pela neve! O silêncio é ensurdecedor e nem uma brisa de vento. Apenas o silêncio dos cumes, como paredes à nossa volta. Penhascos castanhos e brancos, limitados pelo céu de azul também ele gélido, que nunca me canso de olhar. Pela frescura que transmite.

(Continua)

Texto de Nuno Pereira (Parte 2/4)

Quem foi lá: Águia-real, José João, Nuno Pereira e Domingos Dias

Itinerário: Refúgio Nelter -Ras - Timesguida - Refúgio Nelter

Dados da actividade: Dia 2

Fotos de Vamos Ali... / Fotos de Águia-real /Fotos de Nuno Pereira

publicado por Vamos Ali às 12:02

Segue-nos no

Meteorologia

Porto

Meteorologia por Freemeteo.com
pesquisar
 
Algumas noticias
Caminhar com a INATEL
"Para todos aqueles que gostam de conviver com a natureza, eis a oportunidade de caminhar com a Fundação INATEL e descobrir os trilhos e beleza que o nosso país esconde, tendo assim a possibilidade de contactar e desfrutar das bonitas paisagens, que se desdobram numa harmonia de luz, cor, sons e fragâncias..."clica aqui para saber mais